Iloprost e Trepostinil

29 de novembro de 2010

Iloprost (Ventavis)

Iloprost é um medicamento inalado usado para tratar a hipertensão arterial pulmonar. È um medicamento sintético (não obtido de humanos ou animais).

A maior ação do Iloprost é a vaso dilatação direta das camas vasculares pulmonares (abertura dos vasos estreitos). Podendo também inibir plaquetas de se juntarem (agregação). Melhoramento da capacidade de exercício e diminuição da falta de ar foi demonstrado em estudos que duraram 3 meses de Iloprost inalado. Existem poucos dados sobre os efeitos de muito tempo de uso.

A meia vida do Iloprost é de 20 a 30 minutos e seus efeitos geralmente duram 1.5 horas. A medicação é inalada pela boca através de um aparelho específico chamado I-neb ADD nebulizador (aparelho que leva a medicação aos pulmões).  I-neb sente o padrão de respiração de cada paciente e leva o Iloprost num formato de névoa somente durante a inalação. É portável, carregado por baterias, desenhado e aprovado para o uso da inalação de Ventavis. ADD significa Adaptatative Aerosol Delivery, a tecnologia inovada do sistema ADD do I-neb. O I-neb sistema ADD torna o Ventavis um aerosol que você inala nos pulmões. O I-neb sistema ADD monitora sua respiração para assegura que I-neb sistema ADD entrega corretamente a quantidade de medicamento aos seus pulmões. Por conta de Iloprost ser um medicamento inalado, pacientes devem tomar cuidado de não expor outros enquanto estiverem tomando a medicação. 

Os efeitos colaterais mais comuns incluem azia, tosse, baixa pressão sanguínea, dor de cabeça, náusea, desconforto na mandíbula. Tontura ou desmaios podem ocorrer se a pressão sanguínea baixar muito. A solução de Iloprost pode irritar os olhos e pele.

Iloprost vem em ampolas que podem ser guardadas em temperatura ambiente. Cada ampola contem 2 ml de medicação. Uma ampola é usada para cada tratamento.

O custo de Iloprost é cerca de $60.000 – $70.000 por ano.

Iloprost é seguro para tomar com a maioria das medicações, mas pode causar efeitos colaterais que interferem ou pedem mudanças em outras medicações. Cheque todas as medicações com seu médico.

Iloprost foi usado em crianças com Hipertensão Pulmonar, porém a segurança e eficácia de uso prolongado ainda não foram estabelecidas.

Trepostinil (Remodolium/Tyvaso)

Trepostinil é sintético (não obtido de outros seres humanos ou animais) análogo do prostacyclin. Esse medicamento deve ser subcutâneo (abaixo da pele), intravenoso (na veia) ou pode ser inalado.

A maior ação do Trepostinil é a vaso dilatação das camas do sistema vascular pulmonar (abrindo os vasos sanguíneos estreitos do pulmão e outras partes do corpo) e inibição da cola das plaquetas (agregação) esses efeitos parecem os mesmo que o do Flolan. Aumento da capacidade de exercício foi mostrado em estudo de pouco tempo (3 meses), dois estudos de tempo prolongado do uso de trepostinil subcutâneo envolvendo pacientes com causa variadas de hipertensão pulmonar mostraram sua eficácia em 2-4 anos.

Estudos ainda estão sendo feitos relacionados com trepostinil intravenoso em número limitado de pacientes. Esses estudos já demonstraram aumento na capacidade de exercício assim como aumento da função cardíaca. Ouros pequenos estudos estão sendo feitos.

No uso de Trepostinil inalado apresentaram melhora na caminhada de 6 minutos. A maioria dos pacientes também fazia uso de endothelin ou sildenafil.

A meia vida de trepostinil é cerca de 4 a meia hora, embora os sintomas por conta da interrupção do uso possa ocorrer em menos de uma hora. O que significa que depois de acabada a infusão, metade do medicamento ainda se encontrada no corpo do paciente de quatro a meia hora depois. Trepostinil é estavél à temperatura ambientepor 48 horas quando misturada a uma solução estéril (não precisa ser refrigerada). 

Trepostinil subcutâneo é transmitido via CADD MS3 bomba portátil de infusão. Os lugares para infusão são localizados no tecido gorduroso, geralmente na área abdominal e substituindo a cada 3-5 semanas.

Trepostinil intravenoso deve ser administrado via um cateter cirurgicamente colocado na veia central.

Trespostinil inalado deve ser transmitido via especifico Tyvaso Sistema de Inalação, que é para inalação oral usando ultrasônico, aparelho de pulso.

Celulite e sangramento podem ocorrer no local da infusão. Os demais efeitos colaterais são: azia, náusea, dor no maxilar, diarréia, dores de cabeça, dores nas extremidades e erupção cutânea. Efeitos colaterais relacionados ao trepostinil intravenoso, como infecção por causa do cateter, são similares ao epoprostenol intravenoso. O efeito colateral mais comum de trepostinil inalado é: tosse, dor de cabeça, náusea, tontura, azia, irritação na garganta, dor na faringe, diarréia. Segurança e efetividade não foram estabelecidas em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica.

Trepostinil foi usado em estudos feitos com crianças, mas não incluiu suficiente número de pacientes com 16 anos de idade para poder determinar sua segurança e eficácia em crianças.

Estudos estão sendo feitos para a comercialização oral da preparação de trepostinil.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: