O Tempo não Pára

16 de dezembro de 2010

Talvez, um dos grandes ícones do Brasil seja o poeta Cazuza, afinal quem não é um pouco exagerado, às vezes não se sente um meno abandonado, gostaria de gritar “Brasil, mostra a tua cara!”, algum dia precisa dizer que ama alguém e depois assinar com o codinome beija-flor.

Porém, Cazuza não teria surgindo se ninguém o carregasse no ventre. Aproveitando o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, acredito que não seja mais que merecido homenagear alguém que não só sentiu os efeitos da Aids de perto, mas que luta contra essa doença até hoje.

Apesar de ser assim mais conhecido seu nome é mesmo Maria Lúcia Araújo. Nasceu dia 2 de agosto de 1936 em Vassouras. É casada com o produtor musical João Araújo, fundador da gravadora Som Livre e mãe do cantor e letrista Cazuza.

Lucinha também é fundadora e presidente da Sociedade Viva Cazuza, uma instituição que cuida e oferece assistência a crianças com AIDS, sendo fundada no ano de 1990 após a morte de seu filho, em ocorrência da mesma doença. Lucinha também é co-autora dos livros Cazuza, Só as Mães São Felizes e Cazuza, Preciso Dizer que Te Amo. No ano de 2004, foi interpretada pela atriz Marieta Severo no filme Cazuza – O Tempo Não Pára. No especial Por Toda a Minha Vida em 2009, ela foi vivida por Lígia Cortez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: