Archive for the 'Clima' Category

Dicas de Verão

21 de dezembro de 2010

É importante prestar atenção à reação do seu corpo ao clima quente, especialmente enquanto estiver ao ar-livre. Exposição prolongada ao calor e ao sol pode rapidamente piorar os sintomas. O tempo quente pode causar exaustão ao calor, ataque cardíaco e desidratação.

 Aqui estão algumas dicas para você se manter fresco nos meses de verão:

 

  • Mantenha-se hidratado no verão, mas seja cuidadoso. Continue com a restrição de líquidos indicada pelo seu especialista, ao menos que você seja instruído a fazer o contrário. Evite cafeína, álcool e chá não-herbais, eles ajudam na desidratação. Abuse de sucos, água mineral e água de coco.
  • Use roupas leves. O chapéu permite que você crie uma sobra para si. Troque os sapatos por sandálias. Carregue também uma sombrinha com você
  • Fique em ambientes de ar-condicionado. Um ventilador pode substituir, mas doenças relacionadas ao calor não podem ser evitadas usando um ventilador. Se você não tem ar-condicionado em casa visite ambientes que possuam como um shopping. Mantenha as persianas abaixadas durante o dia.
  • Não se force. Evite trabalhos físicos durante as partes mais quente dos dias. Você pode descansar e ficar fresco deitando com uma toalha molhada no rosto ou tomando um banho fresco.
  • Use protetor solar. È muito importante se você ficar horas exposto ao ar livre, fator mínimo de 15. Aplique e reaplique, principalmente depois de nadar ou suar.
  • Fique atento e relação às intoxicações alimentares, deterioração e conservação dos alimentos.
  • Procure fazer refeições leves e saudáveis.
  • Consulte a previsão do tempo e evite sair durante os picos de calor.
  • Tome banho em temperaturas amenas. Refresque-se numa piscina.
  • Refresque-se com um ventilador mesmo que na parte externa.
  • Tenha um pano úmido à mão sempre que possível.
  • Coloque produtos, como creme hidratante, na geladeira. Quando for usá-los eles estarão sempre fresquinhos, assim a pele se mantém mais fresca também

Informação de vestuário e medicação nos climas quentes

Diuréticos podem afetar o balanceamento de líquidos e aceleração a desidratação no calor. Fale com seu especialista em hipertensão pulmonar se você tem suado excessivamente, teve excesso de perda de peso ou pressão baixa e piora na tontura

Anúncios

Viagens

2 de dezembro de 2010

Para muitos pacientes com Hipertensão Pulmonar, viajar é algo importante na suas vidas pessoais e profissionais. Ser diagnosticado com hipertensão pulmonar não é razão para pensar que os dias de viagem acabaram. Apesar de ser necessário um planejamento adicional, existe uma variedade de recursos disponíveis hoje em dia. Apenas uma viagem bem planejada poderá ser segura e divertida.

Decidindo viajar …

  • Verifique com o seu médico a possibilidade da viagem, assim como a forma mais segura.
  • Verifique os efeitos da altitude e clima. O clima frio não é recomendado por conta de infecções pulmonares.
  • Discuta a necessidade de oxigênio suplementar e a quantidade de medicamento.

Escolhendo onde ficar…

  • Verifique o acesso ao hotel e aos quartos.
  • Certifique-se que o hotel se localiza próximo as principais atrações da cidade.
  • Veja as condições de aluguel de oxigênio e como fará para recebê-lo. Confirme tudo 48 horas antes.
  • Procure agências de turismo acostumadas a lidar com pessoas com necessidades especiais.

Chegando lá…

Pelo Ar

  • Verifique com seu médico a necessidade do uso de oxigênio durante o vôo.
  • Antes de partir peça uma carta ao seu médico descrevendo todos os requerimentos médicos da hipertensão pulmonar. Isso irá simplificar o processo de obter oxigênio e passar os medicamentos. Mantenha essa prescrição sempre com você.
  • Viagens de avião podem resultar numa queda do nível do oxigênio no sangue. É necessário discutir a necessidade do uso de oxigênio, mesmo que você não use oxigênio suplementar em casa.
  • Tenha o nome e um médico especialista no seu local de destino que possa ser contatado em caso de emergência.
  • Carregue com você, na bagagem de mão, os medicamentos na caixa original.
  • Reserve o seu lugar e faça o check-in o mais cedo possível, assim você pode pegar um lugar melhor.
  • Use o máximo de ajuda que puder. Peça cadeira de rodas e transporte ao portão de embarque.
  • Se estiver com o oxigênio portátil e for fazer escalas verifique se existem tomadas disponíveis nos portões de embarque dos aeroportos que irá passar. Não se esqueça também de carregar a quantidade suficiente de bateria, considerando atrasos e a duração dos vôos.

Questões especificas para se perguntar a companhia aérea:

  1. Vocês oferecem oxigênio?
  2. Qual é o sistema de oxigênio, a taxa e o que é usado para levar o oxigênio (cânula, mascara…) estão disponíveis?
  3. Qual concentrador portável é possível ser utilizado durante o vôo?
  4. Com quantos dias de antecedência é necessário fazer o pedido para pedir o oxigênio?
  5. Qual é o custo para o passageiro?
  6. Quais serviços de ajuda estão disponíveis (cadeira de rodas, acesso aos deficientes, bagagem)

Pelo Mar

Siga as mesmas preparações para viagem no ar. Muitas das linhas de cruzeiro pedem no mínimo quatro semanas de aviso, mas permitem que os passageiros busquem a sua própria fonte de oxigênio (concentrador ou portátil). Refils devem ser pré-arrajados nos portos ou antes da viagem.

De trem

Siga as mesmas preparações. Companhias de trem permitem passageiros carregar concentrador de oxigênio ou oxigênio portátil.

Viagem Internacional

Além das preparações acima, você deve se informar se existe alguma lei que proíba levar medicamentos para o país que você vai ou se é necessário algum documento especial para entrar no país com a medicação.

Prevenindo a trombose venosa.

Recomenda-se para todos os pacientes de Hipertensão Pulmonar que se levantem e andem curtas distâncias a cada duas horas. Se estiver viajando de carro faça paradas freqüentes quando necessário. Exercícios de contração do músculo da perna mesmo quando sentado pode ajudar a reduzir o risco de formação de tecido. Calçar meias esportivas durante longos vôos também pode reduzir o risco e prevenir um inchaço desconfortável.

Não se esqueça! Viaje como um rei, ou rainha! Mantenha sempre o senso de humor!

O clima e a Hipertensão Pulmonar

22 de novembro de 2010

Aprenda como antecipar as respostas do seu corpo ao clima e a altitude.

De tempos em tempos você pode experimentar condições relacionadas ao clima que faz com que você não se sinta confortável. Às vezes é difícil mesmo perceber – você pode estar muito ocupado com alguma coisa para notar essas mudanças pequenas, porém importantes.

 Alta altitude e Hipertensão Pulmonar

 No avião ou no chão, os efeitos da alta altitude podem ser significantes para os pacientes de hipertensão pulmonar. A diminuição da pressão na atmosfera resulta na diminuição do nível de oxigênio no sangue. Em pessoas saudáveis e pessoas com hipertensão pulmonar os vasos sanguíneos do pulmão contraem em altas altitudes o que pode causar uma elevação na pressão pulmonar. Isso pode resultar numa piora dos sintomas e diminuir a capacidade de exercício em pacientes de hipertensão pulmonar.

Pesquisas indicam que algumas pessoas podem ter tendências genéticas para responder anormalmente a ambientes com baixa de oxigênio, o que pode aumentar esses efeitos ainda mais. Aqueles em oxigênio suplementar precisam estar cientes do aumento da necessidade de oxigênio no seu corpo na alta altitude.

Baixa umidade também tem um papel importante na piora dos sintomas da hipertensão pulmonar. O ar muito seco pode irritar os pulmões e fazer com que você se sinta pior que o normal.

Antes de sair de férias ou se mudar para um local de alta altitude, discuta o impacto com o seu especialista em hipertensão pulmonar. Se você está pensando em mudar para tais lugares, seu médico pode sugerir um período de teste e resistência à temperatura alta.